2015 chegou!

Enfim... 2015!

Enfim, 2015. Ufa! Já não era sem tempo! Afinal, tudo o que nos derrotou e nos magoou, e nos emocionou, e nos motivou ficou em 2014. Será?
Lembro que ainda na última noite de 2013, fiz-me algumas propostas, que ora revejo. Deixei-as por escrito, e, ao longo do ano, estive revisando cada uma delas, tanto para completa-las, quanto para que hoje pudesse olhando para trás me estabelecer. Sabe como é; final de ano, novas promessas. Só que desta vez, teria promessas que estivesse realmente por cumprir.
Olhando minha agenda, vejo essas promessas que, teoricamente, seriam cumpridas em 2014:
  • ·         Perder 35 kg;
  • ·         Adquirir novo emprego;
  • ·         Aprender inglês;
  • ·         Iniciar um novo curso superior ou Mestrado;

Com grande alegria, posso afirmar que cumpri NENHUMA delas! Ao menos na íntegra.
Vejamos caso a caso:

Perder 35 Kg.

Em Outubro de 2013 estive no consultório do Dr. Marcelo Falcão, para tentar retomar o projeto da cirurgia bariátrica. Esta já havia sido permitida pelo plano de saúde, mas foi impedida de se realizar em razão da UTI, e dos medicamentos aos quais ainda estou preso, entre eles um anti coagulante.
Em Dezembro, seguindo a recomendação do dito Marcelo, procurei o CDO, e marquei consulta com a Doutora Silene. Na ocasião estava com 120 kg.
Seguindo as orientações da Dr Silene, endocrinologista e da Nutricionista, estou hoje, um anos após, 11 Kg mais magro. Não tem sido fácil conviver com a restrição alimentar, com a atividade física descontinuada (a violência das ruas assusta, sabia?), e a sensação de que a balança sempre está a vencer.
Junto com as dietas, e os conselhos, e o acompanhamento em si, uso alguns aplicativos no smartphone que me ajudam bastante. Num deles, consigo registrar os alimentos consumidos ao longo do dia, com suas características todas (calorias, cloretos, gorduras, potássio, magnésio, etc, etc), e um outro que ajuda no monitoramento das distâncias percorridas numa caminhada. Os dois aplicativos se comunicam entre si, de forma que, as calorias  queimadas na caminhada, são integralmente transferidas para o diário alimentar. É claro que eles não resolvem por si apenas, mas ajudam que é uma beleza!
Além disso, procurei ajuda de uma psicóloga com trabalho em hipnose. Isto me tem ajudado por demais a lidar com todas as nuances de minha vida. Conheço-me hoje melhor e me policio menos, me culpo menos, me amo mais. Vivo melhor, portanto.


Não foi possível perder os 37 quilos desejados, mas há 11 que nunca mais verei em meu corpo. Sigo caminhando para os 65, que é a meta original.
Os amigos veem mais perda que eu, o que é compreensível. Atualmente estou tirando fotos, quase que diárias de mim, para que possa acompanhar a perda, do ponto de vista visual. Há dias em que me acho mais barrigudo, há dias que acho que a bochecha está imensa... mas de modo geral, me sinto infinitamente melhor que antes.
Algumas colegas de trabalho me questionaram o que venho fazendo para alcançar a perdad e peso. E para todos recomendo da mesma coisa: procurem um endocrinologista, um nutricionista, amem-se mais, busquem um psicologo, imponham-se metas realistas e sucessivas. sejam honestos consigo mesmos em todo o tempo. E não aceitem os comentários negativos em hipótese alguma. O que não falta é gente querendo nos derrubar.

Adquirir novo emprego

Tentei... espalhei currículos, falei com amigos, procurei escolas, li jornais todos os dias, visitei páginas específicas no facebook, e em outros, mas infelizmente não consegui.
Há uma certa combinação de fatores que dificultam a obtenção de um emprego  novo. É preciso preparo, experiência, sorte, uma boa rede de amigos, um conjunto de cursos, uma atenção na entrevista, e, muita fé em Deus.
No ano de 2014, bem ainda no seu início, tive a oportunidade de fazer uma única entrevista. Foi-me interessante, mas alguns fatores acabaram por dificultar a contratação. Nada no meu currículo, nada em minha entrevista, ou nas estrelas dificultaram a obtenção do emprego, exceto a organização dos horários na escola em que trabalho no Estado. Apenas isso: uma pequena dificuldade de organizar os horários.
Para 2015, já tive duas entrevistas e uma delas foi confirmada. Tenho ainda minhas noites e duas tardes livres. Peço a Deus que me ajude.

Aprender inglês

Desde muito mais jovem que tento aprender a dita língua.
Consigo ler um texto escrito na referida língua com relativa facilidade. Sobretudo quando estou lendo vários ao longo de algum tempo. Mas é eu me descuidar na leitura por alguns dias e retorna a escuridão da ignorância.
Fui a UFBA para tomar ciência de um curso de inglês ministrado pela instituição a leigos como eu. O curso, segundo soube é bastante completo. Na ocasião, o funcionário afirmou que estavam abertas naquele momento as inscrições. Levei o formulário para casa, para avaliar com mais cuidado a possibilidade de ingresso naquele momento. Voltei dois dias depois e o dito curso não mais estava com inscrição aberta, pois todas as vagas estavam preenchidas. Dois dias...
Estou indo por esses dias até a UFBA novamente em 2015. Dessa vez, preencho o dito formulário na frente do funcionário!
Fazer um mestrado ou novo curso superior
Procurei as vagas residuais da UFBA, e da UNEB. Nada. Busquei os cursos de mestrado. Nada... fiz a prova do ENEM. Estou aguardando resultado. Esse ano, ingresso num curso. Espero que farmácia, ou nutrição, ou ainda uma das engenharias. O que me importa é retornar a faculdade e realizar o curso que possa me oferecer uma nova oportunidade de ingresso no mundo do trabalho por outras vias.

Bom, como se pode perceber, às vezes as iniciativas que tomamos, acabam por adiar nosso sonho. Mas se não tomadas, encerram-no antes mesmo de inicia-los.
Termino essa postagem, não apenas desejando, boas realizações aos leitores, mas estimulando-os a procurarem faze-las acontecer. O simples desejar, não importa o que quer que seja, não irá concretiza-los. É preciso sabedoria, coragem e desejo sincero para realiza-los, ou então será apenas uma luz que aparecerá na parede dos desejos.

Força aos amigos, um ótimo 2015 para todos e vamos caminhar.

Postagens mais visitadas deste blog

Professora gostosa foi expulsa da escola por deixar alunos excitados.