Postagens

Mostrando postagens de Setembro 1, 2013

G1 - Sarin foi usado em ataque químico na Síria, diz secretário dos EUA - notícias em Revolta Árabe

Imagem
G1 - Sarin foi usado em ataque químico na Síria, diz secretário dos EUA - notícias em Revolta Árabe
Sarin foi usado em ataque químico na 

Síria, diz secretário dos EUAJohn Kerry expressou confiança de que Congresso 'vai fazer o que é certo'. Obama disse sábado ter decidido que país deve adotar ação militar. Da Reuters 470 comentários

Folha de S.Paulo - Cotidiano - Diria aos cubanos que estão indo para o Brasil para que busquem sua liberdade - 31/08/2013

Imagem
Folha de S.Paulo - Cotidiano - Diria aos cubanos que estão indo para o Brasil para que busquem sua liberdade - 31/08/2013 Diria aos cubanos que estão indo para o Brasil para que busquem sua liberdade PUBLICIDADE
FLÁVIA MARREIRO DE SÃO PAULO
O enfermeiro cubano Alain García Caballero, 30, desistiu de servir o governo de seu país. Recrutado em Cuba ele foi para a Venezuela no ano passado para trabalhar em comunidades carentes da cidade de Barquisimetro. Nove dias após sua chegada, ligou para a embaixada dos Estados Unidos pedindo o visto americano. Em menos de um mês, ele deixou seu trabalho e seguiu seu sonho americano. * Cheguei na Venezuela no dia 21 de maio de 2012. Fui levado para trabalhar em Barquisimeto [no centro da Venezuela]. Desertei da missão depois de nove dias. Não eram o que tinham me falado. As condições eram ruins. O que me fez desistir, em primeiro lugar, é o fato de todo cubano querer a liberdade. Depois, era uma via de saída ter o visto americano. Liguei para uma fun…

Há 90 anos, terremoto em Tóquio matava cerca de 140 mil pessoas - Notícias - Internacional

Imagem
Há 90 anos, terremoto em Tóquio matava cerca de 140 mil pessoas - Notícias - Internacional

Há 90 anos, terremoto em Tóquio matava cerca de 140 mil pessoas1 Do UOL, em São Paulo 01/09/201306h00

Folha de S.Paulo - Cotidiano - Médico cubano vê vinda ao Brasil como chance de fazer pé-de-meia - 01/09/2013

Imagem
Folha de S.Paulo - Cotidiano - Médico cubano vê vinda ao Brasil como chance de fazer pé-de-meia - 01/09/2013
Provavelmente, na próxima contratação será para professores de nível médio e fundamental. Ou alguém duvida?
Médico cubano vê vinda ao Brasil como chance de fazer pé-de-meia PUBLICIDADE
FLÁVIA MARREIRO DA ENVIADA ESPECIAL A HAVANA
"Mãe, o que você acha de Carlos David?", pergunta Laura, 25, com uma barriga redonda em um vestido florido, a Ana, uma médica de 49 anos que deixará Havana rumo ao Brasil no dia 10. "Gosto muito", diz a médica, que diz que o terceiro neto nasce em novembro. "Com o primeiro foi o mesmo. Eu estava na Venezuela, mas pude vir para o parto. Foi bom. Agora não sei como vai ser." Missões no exterior elevaram status da carreira médica em Cuba Exportação de médicos em massa afeta sistema de saúde cubano
Não só Ana, funcionária de um hospital de Havana, mas também seu marido, em missão técnica pelo governo de Cuba num país africano, po…