Portal A TARDE - O câncer como uma doença metabólica

O câncer como uma doença metabólica

Equipe Nutrição & Boa Forma | Agência Estado
Tags:
O câncer é uma doença complexa a qual envolve uma série de mudanças na fisiologia celular quase sempre levando à tumores malignos. A proliferação dessas células cancerígenas para os tecidos ao redor do tumor e para órgãos distantes é a primeira causa de morbidade e mortalidade para a maioria dos pacientes com câncer. Pesquisadores acreditam que o câncer possa ter origem genética e metabólica, associada principalmente a cadeia respiratória e ao metabolismo energético. A instabilidade do genoma contribui para uma alteração no metabolismo energético e na progressão do tumor.
Alguns estudos afirmam que em células com potencial carcinogênico alto havia um alto consumo de oxigênio, mas a síntese de ATP (energia) dependente de oxigênio (aeróbica) era menor do que em células com menor potencial carcinogênico. Os pesquisadores divergem sobre a teoria que o câncer seria genético ou metabólico, pois erros inatos do metabolismo não comprometeria especificamente a função mitocondrial.
Se for realmente constatado que alterações no metabolismo energético mitocondrial originam a maioria dos cânceres, proteger essa organela se torna uma alternativa simples e lógica na prevenção do câncer. Diminuir a inflamação sistêmica é primordial para preservar a saúde da mitocôndria. Controlar o metabolismo energético das células cancerosas restringindo o aporte energético, através por exemplo de dietas com restrição calórica, podem ser uma alternativa para o tratamento e prevenção do câncer. Mais estudos devem ser realizados para elucidar essa hipótese.
Referências:
SEYFRIED, T.N.; SHELTON, L.M. cancer as a metabolic disease. Nutrition & Metabolism, v.7, n.7, 2010.
Por Joyce Rouvier

Postagens mais visitadas deste blog

Professora gostosa foi expulsa da escola por deixar alunos excitados.