Queimadores de gorduras prometem milagres, mas são perigosos. Entenda


Queimadores de gorduras prometem milagres, mas são perigosos. Entenda


Febres nas academias, os suplementos alimentares termogênicos estão sendo cada vez mais utilizados por pessoas que buscam uma maneira rápida de eliminar gordura e perder barriga. A função destes produtos é elevar a temperatura do corpo, acelerando o metabolismo e intensificando a queima de gorduras – sendo, por isso, conhecidos como queimadores de gorduras. As substâncias, no entanto, podem causar sérias disfunções no organismo e até morte se consumidas de maneira errada.

Suplementos termogênicos
Foto: Reprodução
O que são termogênicos
São componentes capazes de elevar cerca de 1 grau da temperatura corporal e acelerar os batimentos cardíacos. Sua principal função é transformar nutrientes, principalmente a gordura, em energia. Com isso, a pessoa sente maior disposição, apresenta melhor desempenho nas atividades físicas e tem seu metabolismo aumentado – o que resulta em uma maior queima de calorias durante a realização de exercícios e também em repouso.


   


O suplemento alimentar termogênico, portanto, é composto de substâncias capazes de promover esta ação no organismo.

Principais suplementos termogênicos e resultados
Os produtos termogênicos mais utilizados podem ser de dois tipos: à base de suplementos estimulantes ou à base de medicamentos estimulantes.

O primeiro é composto por cafeína, taurina, extrato de guaraná e semelhantes e possui efeito limitado, porém poucos efeitos colaterais. É o caso do Liprodrol (IntegralMedica). Especialistas afirmam que a baixa dosagem presente neste tipo de composto surte resultados pouco satisfatórios, que acabam não compensando para os praticantes.

Liprodrol
Liprodrol | Foto: Divulgação
Já os suplementos do segundo grupo são feitos à base de anfetaminas e semelhantes, como efedrina, sinefrina, ioimbina. Muito frequentemente, apresentam hormônios, como os da tireoide, já que as alterações na glândula provocam mudanças no peso. Por conta de sua composição, especialistas afirmam que estes produtos deveriam ser comercializados como medicamentos, e não suplementos alimentares. Os exemplos mais conhecidos e utilizados deste grupo são o OxyElite Pro (USPlabs), Lipo 6 Black (Nutrex) e Jack 3D (USPlabs), todos proibidos no Brasil.

OxyElite Pro, Jack 3D e Lipo 6 Black
OxyElite Pro, Jack 3D e Lipo 6 Black | Foto: Divulgação
Apesar de terem efeitos mais expressivos, estes produtos apresentam sérios riscos à saúde. Em 2012, dois soldados americanos morreram após sofrer ataque cardíaco enquanto faziam exercícios de musculação. Os incidentes foram atribuídos ao uso de suplementos como OxyElite Pro e Jack 3D.

Riscos à saúde
São muitos os prejuízos que o uso de suplementos à base de medicamentos termogênicos pode causar à saúde. Os principais efeitos colaterais são taquicardia, pressão alta, acidentes vasculares cerebrais (AVC), alteração de humor, insônia, ansiedade, falta de ar, insuficiência cardíaca, complicações nos pulmões e, para quem apresenta predisposição, problemas no fígado, rins e glândula tireoide, dentre outros.

É de extrema importância consultar um especialista antes de iniciar o uso de suplementos.



Fonte: http://garotabeleza.com.br/queimadores-gorduras-prometem-milagres-sao-perigosos-entenda/#ixzz2iky7peW4

Postagens mais visitadas deste blog

Professora gostosa foi expulsa da escola por deixar alunos excitados.