TV de ultra definição ganha pegadinha publicitária cruel - EXAME.com

TV de ultra definição ganha pegadinha publicitária cruel

LG Ultra HD prega uma peça de proporções épicas em pessoas desavisadas

Reprodução
Pegadinha publicitária da LG Ultra HD
Pegadinha publicitária da LG Ultra HD: mais um (grande) susto em consumidores desavisados
São Paulo - Para promover sua nova TV de alta definição, a LG resgatou o formato das pegadinhas publicitárias, que estão fazendo sucesso em 2013.
O objetivo é simples: provar que a tela do aparelho Ultra HD é tão realista que pode se passar por uma janela de verdade. O contexto? O momento delicado e cheio de dedos que é uma entrevista de emprego.
Quando coisas esquisitas (e assustadoras) começam a acontecer na "paisagem" lá fora, o resultado rende boas risadas, às custas de inocentes candidatos nervosos. Dê o play e veja o final sádico - e surpreendente.
O filme, gravado no Chile, não é a primeira pegadinha da marca. Em 2012, a LG promoveu seus monitores com tecnologia IPS usando-os no piso de um elevador - e simulando uma queda livre com direito a efeitos sonoros, para desgosto e risco cardíaco dos usuários.

As 7 pegadinhas publicitárias mais assustadoras de 2013

Várias marcas decidiram testar os nervos dos consumidores este ano. Selecionamos as campanhas mais arriscadas

Pregando uma peça no consumidor
Divulgação
São Paulo - 2013 se estabeleceu como o ano das pegadinhas na publicidade. Alto potencial de viralização e custos baixos explicam parte dos motivos por trás da aposta de várias marcas neste primeiro semestre. O formato obter sucesso junto à audiência da web também ajuda, e muito.
Pepsi, Nivea e Carslberg estão entre as grandes empresas que investiram em campanhas controversas, cujo foco foi pregar um belo susto nosconsumidores. Algumas (sádicas) produções levam as vítimas aos limites do pânico - e levantam questionamentos sobre vantagens e riscos desse tipo de campanha, e até sua legitimidade.
"O que vai determinar a rejeição dos consumidores é o lastro da marca. Se ela tem reputação para segurar o risco, ou se for associada ao despojamento e à irreverência, pode ser que o investimento valha a pena", explica Domenico Massareto, professor da Miami/ESPM e diretor da TBWA. "Tudo isso faz parte do esforço de fazer algo original, mas nem sempre o resultado é de bom gosto. O segredo para o sucesso é que a essência esteja alinhada com a voz da marca", complementa.
Confira a seguir as pegadinhas publicitárias que assustaram sem dó os consumidores em 2013.

Postagens mais visitadas deste blog

Professora gostosa foi expulsa da escola por deixar alunos excitados.