Reunião de pais e mestres no CPM Dendezeiros

Devia ter postado essa mensagem  na última reunião no CPM. Pensei te-lo feito. Estou fazendo agora, vários dias depois. Mas o sentimento de gratidão pela presença dos pais, pela confiança depositada, e pela compreensão acerca de nossas limitações; continua tudo do mesmo jeito.

 Reunião de pais e mestres: um importante encontro

Hoje tivemos reunião de pais e mestres na escola em que trabalho pela manhã, o CPM. A reunião foi bastante produtiva, ao menos para mim, com os pais apoiando nosso trabalho e nossas ações. Ao que tudo indica, entenderam que, no final estamos não apenas do mesmo lado, como trabalhos para o mesmo fim: aperfeiçoar nossos estudantes.
Entretanto, não deixa de ser um momento tenso. Os pais ansiosos por saber do andamento de seus filhotes, e os professores precisando do apoio dos pais. Às vezes, algo difícil de conciliar. Mas no período da manhã, as coisas correm de forma diferente da forma ocorre pela tarde. No turno da manhã, as notas do estudante são mais ou menos uniformes. Mesmo nas situações onde as notas são dispares as diferenças não são muito grandes. O que facilita a percepção por parte do pai, que o estudante é que realmente não leva a sério seus estudos, se for o caso.
Na reunião de hoje, diferente de outras que participei, em outras unidades escolares, os pais não apenas foram bastante compreensivos, e participativos, como estiveram pacientemente esperando por serem chamados. Ninguém se estressou pela demora no atendimento. Ao menos não diretamente. Souberam respeitar o tempo que precisei dedicar aos pais de outros estudantes. De qualquer sorte as conversas foram pertinentes, estimulantes e produtivas.
Inicialmente fiquei preocupado que não estivessem presentes os pais que realmente eu precisava conversar. É bem verdade que acabou ocorrendo isso mesmo. Houve alguns pais que precisavam ouvir o que estamos fazendo, com que objetivo e com que metodologia.
Alguns comportamentos por parte dos alunos vêm lesando suas médias:
  • ·         Excesso de internet;
  • ·         Falta de horas de estudo sério;
  • ·         Incapacidade de administrar as poucas oportunidades de liberdade que lhes é concedido;
  • ·         Falta de empenho;
  • ·         Incapacidade de perceber que seus pais e professores sabem sobre a vida mais do que eles conseguem imaginar;

Aceito que meus alunos precisam melhorar, e que a disciplina que ensino não é simples de aprender. Admito que nem sempre consigo passar as informações como precisam ser passadas. Mas meus estudantes precisam usar melhor os recursos de que dispõem: seja internet, bibliotecas, tempo, livros... o próprio professor e as informações de que dispõem.
A conversa abriu a necessidade de repensarmos algumas ações em sala de aula, e uma maior integração entre os mestres, sobretudo nas áreas exatas que são aquelas onde os estudantes apresentam maiores dificuldades de aprendizado e maiores frustrações.
Quero aqui agradecer a presença dos que hoje estiveram nos prestigiando, e reafirmo nossa disposição para tornar mais fácil o aprendizado dos estudantes, assim como mais prazeroso, tanto quanto possível for.
Precisando, pais, procure-nos. E quanto aos estudantes, procure-nos sempre que necessário também. Afinal, é para seu benefício que estamos lá a semana quase toda.

Forte abraço a todos.

Postagens mais visitadas deste blog

Professora gostosa foi expulsa da escola por deixar alunos excitados.