Japonês foi sentenciado a 7 anos de prisão por colocar ácido fortíssimo em sapato de mulher | Jornal Ciência

Japonês foi sentenciado a 7 anos de prisão por colocar ácido fortíssimo em sapato de mulher | Jornal Ciência

Japonês foi sentenciado a 7 anos de prisão por colocar ácido fortíssimo em sapato de mulher

Dependendo da mulher, foi estranho caso de desperdício de um bom sapato e de ácido...

Um japonês foi condenado por algo bastante incomum.
Seu crime? “Envenenar” um sapato com uma substância corrosiva que deslizou pelos pés de uma “amiga”. O caso foi tão grave que a mulher teve de amputar a ponta dos seus dedos.
Tatsujiro Fukasawa, de 41 anos, foi condenado, de acordo com o portal News, a 7 anos de cadeia. De acordo com a imprensa internacional, o motivo para tal barbaridade foi de cunho fútil. Aparentemente, trata-se de um ato de vingança porque ela não cedeu as suas propostas românticas.
Este foi um crime cruel porque ele usou um produto químico que pode matar as pessoas”, disse o juiz Takafumi Miyamoto do Tribunal Distrital de Shizuoka, de acordo com a agência de notícias Jiji.
Fukasawa trabalhava em um laboratório onde conseguiu uma amostra de ácido fluorídrico – considerado um dos mais fortes (Na verdade ele não é um ácido forte, embora seja tóxico) por conseguir atacar até mesmo o vidro. Além disso, este ácido se absorvido pela pele pode matar a vítima ao atingir o sangue.
A mulher foi socorrida com dores fortíssimas nos pés. Chegando ao hospital desenvolveu gangrena que é um tipo de necrose. Os médicos precisaram amputar as pontas dos dedos porque não existia nenhuma esperança de recuperação das partes afetadas.

Postagens mais visitadas deste blog

Professora gostosa foi expulsa da escola por deixar alunos excitados.