Lição 20 – Como estudar a Física e a Química

Lição 20 – Como estudar a Física e a Química


COMO ESTUDAR A FISICA E QUIMICA


O estudo destas ciências comporta duas partes:

1 – Estudo de dados materiais, de fatos, de observações, de experiências.

2 – O estudo de esquemas, fórmulas e problemas.

Para o estudo de dados materiais e dos fatos aplicará, exatamente, os mesmos métodos que adotamos para a geografia e a história.

Para o estudo dos esquemas e fórmulas, aconselho a memorização direta, de preferência a qualquer método mnemotécnico.

Para tanto, seguirá o processo “Impressão-Associação-Repetição”.

Constituirá para si um caderno de esquemas e formulas que aprenderá, fazendo revisões pelo método “cumulativo-repetitivo”.

Como em matemática, o êxito dos problemas de física e química depende estritamente do conhecimento profundo das fórmulas. O que aprendeu em matemática é portanto aplicável aqui.

COMO ESTUDAR AS CIENCIAS NATURAIS

Além do método geral de estudo, que aprendeu ate aqui você aprenderá as ciências naturais com a ajuda dos meios seguintes:

» Quadros sinópticos a fim de ter uma imprescindível visão de conjunto e fixar as sub-divisões.

» Elaboração de esquemas simplificados.

» Concatenações, para fixar os nomes dos gêneros, das espécies, das família, etc..

» Método cumulativo-repetitivo para reter os quadros sinópticos, os esquemas e as concatenações. Para facilitar a aplicação deste método, fará, bem entendido, um caderno especial no qual consignará todos os elementos a fixar: quadros sinópticos, esquemas e concatenações.

Eis um exemplo:

Em botânica, distingue-se a forma das folhas segundo o tipo do limbo:

» Folha inteira
» Folha dentada
» Folha lobulada
» Folha cordiforme
» Folha sagitada
» Folha linear
» Folha seca
» Folha composta
» Folha lanceolada

Surge a seguinte frase:

Entre as FOLHAS, indo de flor em flor, corria, saltava, e vi o lírio seco com lástima.

Seria possível, como se compreende, construir outras frases com um pouco de imaginação, que se adaptasse ao que queríamos fixar.

Terá que recorrer ao dicionário, se tiver dificuldade procurando palavras com as letras iniciais pretendidas.

Poderíamos ainda estudar agrupamentos, a reter, formados pelas duas primeiras letras de cada palavra.

Assim, ordenadamente:

IN – DE – LO – CO – AS – LI – SE – CO – LA

Abstraindo a orden – porque, se a pretendêssemos considerar, poderíamos fixar 2 palavras sem sentido.

INDELOCO SALISECOLA

Em vez das 9 palavras interessadas – poderíamos tomar agrupamentos com significado (parcial ou total) e mais facilmente flexíveis:


As cadeias podem ser “estúpidas”, mas elas permitem-lhe fixar sem esforço as listas. É fácil fazer, por si mesmo cadeias deste gênero.

EXERCICIO Nº 46

Pegue um manual de Ciências naturais ou um dicionário enciclopédico e escolha uma lição que comporte enumerações ou classificações.

Estude-a, aplicando os princípios preconizados.

EXERCICIO Nº 47

Eis um exercício para a memória visual.

Veja as “Atualidades” da TV ou cinema, duas horas depois, anote em uma folha a lista de todas as imagens que possa evocar claramente no seu pensamento.

Postagens mais visitadas deste blog

Professora gostosa foi expulsa da escola por deixar alunos excitados.