Postagens

Mostrando postagens de Novembro 9, 2012

Folha de S.Paulo - Ciência - Brasileiro cria terapia contra Aids com superanticorpos - 24/10/2012

Imagem
Folha de S.Paulo - Ciência - Brasileiro cria terapia contra Aids com superanticorpos - 24/10/2012
Brasileiro cria terapia contra Aids com superanticorpos
RAFAEL GARCIA EM WASHINGTON
Atualizado às 21h00. Um tratamento contra o HIV que usa proteínas clonadas do organismo de pessoas imunes ao vírus teve eficácia mais duradoura que as drogas antirretrovirais convencionais em um teste com cobaias. Após usar anticorpos --moléculas de ataque do sistema imune-- para tratar camundongos geneticamente modificados, Michel Nussenzweig, o cientista brasileiro que liderou a pesquisa, quer agora iniciar um ensaio clínico em pacientes humanos. Junto com seus colegas da Universidade Rockefeller, de Nova York, Nussenzweig descreveu o sucesso do experimento num estudo publicado hoje pela revista "Nature". Os anticorpos monoclonais --clonados a partir de uma única célula-- usados no teste, conseguiram reduzir a infecção por HIV a níveis indetectáveis em cobaias especiais. Como o vírus da Aids não…

Folha de S.Paulo - Ciência - Cientistas acham 'alta tecnologia' primitiva - 08/11/2012

Imagem
Folha de S.Paulo - Ciência - Cientistas acham 'alta tecnologia' primitiva - 08/11/2012
Cientistas acham 'alta tecnologia' primitiva
REINALDO JOSÉ LOPES EDITOR DE " CIÊNCIA+SAÚDE"
Se a Idade da Pedra teve seu Vale do Silício, ele provavelmente ficava na caverna de Pinnacle Point, na atual África do Sul. Foi lá que arqueólogos acharam os mais antigos exemplares da primeira tecnologia revolucionária inventada por seres humanos. Gente acostumada às facilidades trazidas por tablets e aviões a jato provavelmente não daria nada pelas pequenas lâminas de pedra. editoria de Arte/folhapress Mas foi a criação delas, há 70 mil anos, que possibilitou montar os primeiros instrumentos leves compostos por muitas peças, diz pesquisa na revista científica "Nature". Se os autores do estudo estiverem corretos, as lâminas podiam ser usadas para fazer flechas ou dardos disparados por lançadores manuais --o equivalente paleolítico de armas de destruição em massa. A conclusã…

Folha de S.Paulo - Ciência - Chuva criou e destruiu civilização maia, diz estudo - 09/11/2012

Imagem
Folha de S.Paulo - Ciência - Chuva criou e destruiu civilização maia, diz estudo - 09/11/2012
Chuva criou e destruiu civilização maia, diz estudo DE SÃO PAULO
A chuva deu, a chuva --ou melhor, a falta dela-- tirou. Esse parece ter sido o padrão por trás da ascensão e queda da civilização maia, indica uma pesquisa publicada na edição desta semana da revista americana "Science". A hipótese é resultado de uma das mais detalhadas análises climáticas do território das cidades-Estado maias, feitas por Douglas Kennett e seus colegas da Universidade Estadual da Pensilvânia. Douglas Kennett/Divulgação/Penn StateVista das ruínas da cidade maia de Caracol, em Belize Estudando estalagmites --as projeções do chão de cavernas-- em Belize, eles conseguiram um registro de 2.000 anos de chuva na região ocupada pela civilização, com precisão próxima da de um calendário. O resultado: o surgimento das grandes metrópoles maias, por volta do ano 450 da nossa era, coincide com uma fase especialment…