Postagens

Mostrando postagens de Setembro 28, 2012

Priorizando a educação de linguagem e de ciência

Imagem
Priorizando a educação de linguagem e de ciênciaPublicado22 de abr de 2010 Escrito por Discussão5 Comentários CategoriasGeral O editorial ultimo número da revista Science é dedicado ao tema “educação de ciência”, com ênfase do ensino de ciência na escola fundamental, aquisição da linguagem e capacidade de comunicação, de maneira a valorizar o ensino das ciências e a capacidade de expressão de forma conjunta. O editorial assinala que nos EUA esta é considerada uma proposta radical. Aparentemente o ensino de ciências nos EUA se baseia em decorar fatos sobre o mundo natural e, com sorte os alunos realizam um ou dois experimentos. No caso de aulas de linguagem, os alunos lêem basicamente textos de ficção e redigem textos sobre suas leituras de maneira bastante “fossilizada”.
O número da revista Science indica que o ensino conjunto de ciência e língua promove um estímulo no aprendizado de ambos. Além disso, desenvolve o espírito crítico e a capacidade de formular questio…

A química supramolecular das aranhas

Imagem
A química supramolecular das aranhasPublicado6 de jul de 2010 Escrito por DiscussãoComente! CategoriasGeral Dois artigos recentemente publicados na revista científica “Nature”, sobre a química, a bioquímica e a biofísica dos fios das teias de aranhas, foram comentados em um artigo publicado em outra revista científica, “Angewandte Chemie International Edition”. O texto a seguir é uma tradução livre deste. O fio das teias de aranhas é um material absolutamente excepcional: tem uma resistência mecânica proporcionalmente maior do que a do aço quando se leva em conta sua baixa densidade. Um único fio de teia de aranha alinhado sobre a linha do equador teria a massa de apenas 500 gramas. Os fios da teia de aranhas são feitos de proteínas: uma cadeia polipeptídica que consiste de uma sequência repetida de dois fragmentos peptídicos, juntos chamados de “sequência AQ”. O fragmento A é hidrofóbico (hidro=água; fobia=aversão. Ou seja, aversão à água, um fragmento que não admit…

Vendo a vida como ela é

Imagem
Vendo a vida como ela éPublicado29 de mai de 2010 Escrito por Discussão2 Comentários CategoriasGeral A subjetividade é inerente ao ser humano. Quando apreciamos diferentes obras de arte (quadros, esculturas, música, manifestações artísticas as mais diversas), “sentimos” quando o que vemos e ouvimos nos agrada ou não. O componente subjetivo está fortemente associado a um componente sentimental, que por sua vez se relaciona à estética. “Beleza”, diz o ditado, “está nos olhos de quem vê.” Quando a subjetividade interfere na análise de dados e fenômenos científicos, a apreciação dos mesmos pode ficar comprometida devido a uma interpretação enviesada. O entendimento dos processos biológicos, em particular do funcionamento das células, durante um bom tempo sofreu a interferência da interpretação através da teoria do vitalismo. Embora esteja bem estabelecido o conhecimento atual sobre a célula de que esta é constituída de um pequeno volume de líquido contendo milhares de …