Postagens

Mostrando postagens de Agosto 10, 2012

Bem Estar - Colesterol é essencial ao corpo, mas excesso de gordura causa doenças

Imagem
Bem Estar - Colesterol é essencial ao corpo, mas excesso de gordura causa doenças
Colesterol é essencial ao corpo, mas

excesso de gordura causa doenças

Alimentação correta pode reduzir as taxas no sangue em até 15%. Exercícios físicos regulares também são importantes para o controle. Do G1, em São Paulo 12 comentários É comum ouvir falar do colesterol como algo que faz mal ao coração, mas nada é tão simples assim. O colesterol é uma substância necessária para o organismo. Sem ele, as células não formariam a membrana que as envolve, e não teriam como receber alimentos e oxigênio. No entanto, o desequilíbrio dessa gordura pod

Folha de S.Paulo - Ciência - Antártida tinha palmeiras há 53 milhões de anos, afirma pesquisa - 03/08/2012

Folha de S.Paulo - Ciência - Antártida tinha palmeiras há 53 milhões de anos, afirma pesquisa - 03/08/2012

Antártida tinha palmeiras há 53 milhões de anos, afirma pesquisa DE SÃO PAULO
Um estudo de pesquisadores da Universidade de Glasgow, no Reino Unido, revelou pistas da presença de palmeiras no território da atual Antártida há 53 milhões, durante a época geológica do Eoceno. O dado foi obtido por meio de perfurações na camada de gelo antártico, que trouxeram à tona o pólen de palmeiras e outras árvores de climas quentes, como os baobás. Os cientistas estimam que, nessa época, o clima do continente lembrava o da região Sul do Brasil, digamos: invernos em torno de 10ºC e verões nos quais a temperatura chegava a 25ºC.

Folha de S.Paulo - Tec - Técnica usada no filme 'Armageddon' não salvaria a Terra na vida real, diz estudo - 08/08/2012

Imagem
Folha de S.Paulo - Tec - Técnica usada no filme 'Armageddon' não salvaria a Terra na vida real, diz estudo - 08/08/2012
Técnica usada no filme 'Armageddon' não salvaria a Terra na vida real, diz estudo DA FRANCE-PRESSE, EM PARIS
No filme "Armageddon", o personagem de Bruce Willis usa uma bomba nuclear para salvar a Terra do impacto de um asteroide gigante. Essa ideia tem muito de ficção e pouco de ciência, portanto não funcionaria na vida real, afirmaram cientistas em um estudo publicado na terça-feira (7). A bomba de Willis teria tanto impacto na rocha quanto uma bombinha de São João e seria usada tarde demais, quando o planeta já estaria condenado, acrescentaram. DivulgaçãoO ator Bruce Willis em cena do filme "Armageddon" "O nível da nossa tecnologia atual não é nem de perto suficiente para proteger a Terra de um asteroide como aquele usando esse tipo específico de defesa de meteoros", destacaram os estudantes da Universidade de Leicester…

Folha de S.Paulo - Ciência - Hominídeos de três espécies conviveram na África, diz estudo - 09/08/2012

Imagem
Folha de S.Paulo - Ciência - Hominídeos de três espécies conviveram na África, diz estudo - 09/08/2012
Hominídeos de três espécies conviveram na África, diz estudo
REINALDO JOSÉ LOPES EDITOR DE "CIÊNCIA+SAÚDE"
É um cenário que parece saído de romances de fantasia, como "O Senhor dos Anéis": três espécies distintas de seres inteligentes, cada uma delas com aparência e cultura próprias, vivendo lado a lado por milênios. Segundo uma nova pesquisa, é exatamente isso o que aconteceu na África Oriental há 1,9 milhão de anos, quando o gênero humano, o Homo, estava se estabelecendo. Novos fósseis --fragmentos de um crânio e mandíbulas--, descobertos em Koobi Fora, no Quênia, são a base dessa hipótese, defendida em estudo na edição de hoje da revista científica "Nature". Editoria de arte/folhapress O grupo de Meave Leakey, do Instituto da Bacia Turkana, em Nairóbi, analisou a anatomia desses cacos e concluiu que eles se encaixariam com outro fóssil, o crânio conheci…

Folha de S.Paulo - Ciência - Traços exóticos da 'partícula de Deus' surpreendem físicos - 10/08/2012

Imagem
Folha de S.Paulo - Ciência - Traços exóticos da 'partícula de Deus' surpreendem físicos - 10/08/2012

Traços exóticos da 'partícula de Deus' surpreendem físicos
SALVADOR NOGUEIRA COLABORAÇÃO PARA A FOLHA
A partícula de Deus está, ao que parece, do jeito que o diabo gosta: malcomportada. É o que indica uma análise preliminar de dados coletados no LHC, maior acelerador de partículas do mundo. O trabalho, feito por Oscar Éboli, do Instituto de Física da USP, sugere que o chamado bóson de Higgs, que seria responsável por dar massa a tudo o que existe, não está se portando como deveria, a julgar pela teoria que previu sua existência, o Modelo Padrão. Se confirmado, o comportamento anômalo da partícula seria a deixa para uma nova era da física. Editoria de arte/folhapress A descoberta do possível bóson, anunciada com estardalhaço no mês passado, foi comemorada como a finalização de uma etapa gloriosa no estudo das partículas fundamentais da matéria. Sua existência, em resumo, e…