Postagens

Mostrando postagens de Agosto 7, 2012

Folha de S.Paulo - Equilíbrio e Saúde - Escalada da obesidade infantil esquenta debate sobre publicidade para crianças - 07/08/2012

Imagem
Folha de S.Paulo - Equilíbrio e Saúde - Escalada da obesidade infantil esquenta debate sobre publicidade para crianças - 07/08/2012

Escalada da obesidade infantil esquenta debate sobre publicidade para crianças
JULIANA VINES DE SÃO PAULO
A obesidade infantil está no centro de um debate que coloca, de um lado, a indústria de alimentos e suas guloseimas e, do outro, as organizações de direito do consumidor e sociedades médicas. A causa da discórdia é a publicidade de alimentos para crianças no Brasil, se seria ou não um dos fatores responsáveis pelo crescimento assustador dos índices de obesidade infantil no país. 'Não vale proibir refrigerante e colocar a garrafa na mesa', diz endocrinologista Plano nacional contra a obesidade quer avançar na publicidade de alimento
Congresso científico cancela debate para não espantar patrocinadores
O IBGE mostrou aumento de mais de 200% na incidência de sobrepeso entre crianças de cinco a nove anos nas últimas três décadas. Para especialistas, é …

reposição de aulas e de salários

Imagem
Metro1

Secretaria da Educação promete pagamento de salários no dia 15 Segundo Rui Oliveira a aula de reposição deste sábado está suspensaLeandro Aragão - Metro1 Foto: Aline Barnabé / Metropress A Secretaria da Educação do Estado da Bahia anunciou nesta terça-feira (7), que o pagamento dos salários dos professores, referentes ao período de abril a julho, que ainda estão fora de folha será efetuado no dia 15 deste mês.

O Metro1 apurou junto ao coordenador da APLB, Rui Oliveira, que a decisão de suspender a reposição de aula neste sábado (11), caso o pagamento dos salários não seja feito até sexta-feira (10), está mantida. "Foi uma decisão da categoria. A aula de reposião deste sábado não acontecerá", disse Rui Oliveira. Porém ele reitera que as aulas subsequentes ocorrerão normalmente, caso o pagamento seja feito no dia 15, como promete a Secretaria da Educação.

Metro1

2012

2012 Um filme pastelão, mas bem interessante. Percebo que uma das tônicas do filme é tratar da necessidade de se fazer escolhas difíceis diante de um problema sobre o qual não se tem qualquer controle. O presidente americano passa por esse dilema, o louco do parque nacional também. Aliás, no filme todos tem uma escolha a fazer, e com dificuldades. Mas fora isso, os eventos são bem improv´veis de ocorrer, enquanto causa natural, inda mais na magnitude descrita pelo filme. É certo que a natureza tem seus mecanismos de controle. Mas provavelmente um evento com tamanha magnitude não ocorreria no planeta. Manchas solares ocorrem, expelem lava e neutrinos. Mas daí os eventos em cadeia, é mais irreal. De forma idêntica, provavelmente governo algum teria recursos e criar estruturas de segurança como as criadas no filme. Durante os anos da chamada Guerra Fria havia o medo de uma guerra nuclear que traria, entre outras consequências, problemas climáticos, ambientais e geológicos descritos no filme. …