2012, considerações finais.


2012, considerações finais.
O ano segue, inexoravelmente, ao seu final.
Ao longo da história, esse momento sempre trouxe grande expectativa. Maus augúrios, tristezas, guerras, pestes... tudo muito diferente do que esperamos e prometemos atualmente.
O ano novo indica um recomeço, ainda que sejam apenas 1s que distancia o ano velho do ano novo. Apenas uma posição diferente no Circuito que segue a Terra ao redor do Sol. Apenas 1s... e tudo muda. Muda mesmo?
Pensando no que foi o ano que passou, percebo, com muita clareza, que em 2013 entro um homem diferente. Melhor? Não sei. Mas sei que não sou o homem que iniciou 2012.
Dizem os especialistas que as promessas que fazemos na virada do ano, em sua grande maioria, não são realizáveis, pela forma que as fazemos, ou simplesmente pela falta de realidade contida nelas. Como todo projeto, é preciso avaliar o que se deseja, os recursos necessários, os recursos já em mãos, o tempo par alcança-los, as etapas a serem concretizadas para que o desejo se torne realidade.
Entre os mimos mais desejados estão casa, carro, amor, emprego, Prometo que esse ano que entra será muito melhor que foi o que passou. Para início de conversa:
E um recado para você que, mentindo, criou uma situação insustentável. A vida dá voltas. 

Postagens mais visitadas deste blog

Professora gostosa foi expulsa da escola por deixar alunos excitados.