Polícia investiga se creme provocou queda de cabelo em professora de Niterói - Rio de Janeiro - R7



Polícia investiga se creme provocou queda de cabelo em professora de Niterói

Ela diz que, logo após aplicar o produto, sentiu o couro cabeludo queimar e coçar
Marcelo Bastos, do R7 | 22/10/2012 às 13h14
Jadson Marques/R7
Jane
Veja a galeria completa
Jane registrou queixa no último dia 16; ela está fazendo tratamento para cabelo voltar a crescer


Publicidade

No último dia 16, a professora Jane Teixeira Lemos, de 42 anos, foi até uma farmácia em Niterói,  região metropolitana do Rio, e comprou um creme sem enxágue para passar nos cabelos. O sonho de ficar mais bonita, no entanto, se transformou em pesadelo. Jane sentiu a cabeça queimar, coçar, viu parte dos cabelos cair e agora usa uma peruca. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Rio do Ouro (75ª DP).
— Eu tomei banho normalmente, usei xampu e condicionador. Depois, sequei o cabelo e apliquei o produto. Em menos de três minutos, senti o cabelo queimar e o couro do cabelo coçar. Quando botei a mão, o meu cabelo caiu na parte da frente e atrás. Li o rótulo e não há nenhuma recomendação sobre uso após procedimentos como escova progressiva, tintura ou alisamento.
Com a autoestima em baixa, a professora deixou de frequentar a faculdade de serviço social e usa peruca durante todo o dia. Ela disse que pensa em processar o fabricante do produto.
— Nesse momento, a minha preocupação é com a minha saúde. Já fui ao médico e fui informada que houve um choque químico. Estou gastando um dinheiro que não tenho com consultas e medicamentos. Depois, vou pensar com calma sobre as medidas que vou tomar.
O caso foi registrado no dia 16 na 75ª DP. Segundo investigadores, Jane prestou depoimento e foi submetida a exame de corpo de delito. Representantes do fabricante também serão ouvidos, mas ainda não há uma data definida.
O creme, da marca Pantene, foi encaminhado para a perícia, que vai verificar o que exatamente provocou a reação no couro cabeludo de Jane.
A Procter Gamble Brasil esclarece que, até o momento, não foi contatada por Jane através de seus diversos canais de comunicação sobre qualquer incidente envolvendo produtos da linha Pantene.
A empresa informou já estar em contato com a consumidora para entender o caso e se colocará à inteira disposição para assisti-la no que for necessário.

Postagens mais visitadas deste blog

Professora gostosa foi expulsa da escola por deixar alunos excitados.

Os Botões de Napoleão: as 17 moléculas que mudaram a história