Veja como é possível reduzir a celulite


Veja como é possível reduzir a celulite

Publicada em 16/09/2012 12:21:40
As mulheres são as principais vítimas das três maiores inimigas do verão: celulite, flacidez e gordura localizada. Apesar de parecer ser difícil escapar desse problema, existem alguns tratamentos que podem ajudar a amenizar esses incômodos.

A celulite, por exemplo, é uma das principais queixas das mulheres atingindo 95% delas, principalmente as que estão sujeitas a alterações hormonais como: puberdade, gravidez e o uso constante de anticoncepcional.
De acordo com a dermatologista Luciana Macedo de Oliveira, diretora médica da Clinique des Arts (CRM - SP 92.409) a celulite surge no abdômen, quadris, culotes, nádegas, coxas e pernas devido principalmente ao acúmulo de gordura e retenção e líquidos.
“A celulite começa a aparecer e incomodar porque o organismo das mulheres tem tendência a acumular gordura nas zonas ditas ginóides, ou seja, femininas, como culotes, coxas e nádegas. Essa gordura se deposita na hipoderme, camada que contém também fibras que ligam a superfície da pele ao tecido profundo,repuxando a derme para baixo, estimulando o surgimento de “furinhos”, que são característicos da celulite”, explica a dermatologista.
Além disso, a celulite também está relacionada à hereditariedade, sedentarismo, alterações hormonais e alimentação inadequada. Quando esses fatores atuam em conjunto, eles promovem um desequilíbrio na circulação linfática e venosa, que em associação com o excesso de gordura localizada, liberam toxinas e alteram a composição do tecido subcutâneo, causando uma irregularidade da superfície da pele, que é o famoso aspecto “casca de laranja”.
“Outro fator que pode ser levado em consideração para o surgimento da celulite é a obesidade. O aumento do peso favorece no repuxamento das fibras. O excesso de gordura pode comprimir os vasos sanguíneos e linfáticos ocasionando inchaço e fibrose. A obesidade e celulite pode se tornar mais grave provocando inflamação, dores, rompimentos de vasinhos e até insuficiência vascular, com varizes, em pessoas predispostas”, destacou a dermatologista, Luciana Macedo de Oliveira.
Conhecendo a celulite
O dermatologista consegue distinguir apenas com o exame visual, em qual classificação a celulite apresenta.
Ela está dividida em três graus:

- Grau 1: Sem ondulações ou irregularidades na pele ao ficar de pé ou deitada. Ao pinçar a região surgem ondulações, covinhas e depressões. Pode aparecer até mesmo nas crianças, sendo mais comum nas adolescentes.

- Grau 2: Ondulações, rugosidades, depressões e covas espontaneamente ao ficar em pé, mas não deitada.
- Grau 3: Ondulações, rugosidades e covinhas estão presentes mesmo deitada. Em casos graves e avançados podem aparecer nódulos e endurecimento da pele.
Conheça os tratamentos eficazes para combater celulite, flacidez e gordura localizada
Subcisão
É o único tratamento reconhecido pela Sociedade Brasileira de Dermatologia. E consiste na introdução de uma agulha, por baixo do furinho da celulite com o intuito de cortar as fibras que repuxam a pele para baixo, desfazendo os nódulos. Para esse tratamento é necessário uma anestesia local e só deve ser realizado em estágios mais avançados.

Após o tratamento, é recomendado o uso de curativo compressivo e de meias elásticas, o resultado pode ser notado entre 15 a 30 dias.
Drenagem linfática
O procedimento é feito por uma massagem suave que estimula a reabsorção do edema da celulite para os canais linfáticos, que correspondem a vasos finos que levam os líquidos dos tecidos para as veias.

Endermologia
Ela é realizada por meio de um aparelho com a finalidade de sucção da pele por um tubo, enquanto ela é comprimida entre dois rolos, provocando uma massagem vigorosa. Esse tratamento tem como objetivo redistribuir a gordura de forma mais uniforme no tecido subcutêneo.

A flacidez aparece quando o bumbum e as pernas ficam irregulares, essa região ganha um aspecto “drapeado” quando a mulher fica em pé. A falta de firmeza da pele é percebida quando você puxa a pele do quadril para cima e os furinhos desaparecem.
“São necessárias um conjunto de medidas, incluindo a participação efetiva da paciente, que deve praticar exercícios físicos e fazer a reeducação alimentar", alerta a dermatologista, Luciana Macedo de Oliveira.
A mesoterapia é a mais indicada quando o assunto é a flacidez. Ela é considerada uma técnica de intradermoterapia. O procedimento consiste na injeção de substâncias com ação específica na derme.
No caso da flacidez, são injetados, em sessões semanais uma substância que estimula a reorganização da matriz extracelular, a hidratação do tecido conjuntivo, produção de colágeno pelos fibroblastos e a retração de tecidos moles. O resultado permite uma pele mais firme.
Já a carboxiterapia é recomendada quando as células de gordura aumentam de volume. A ondulação na pele fica mais evidente focando as gordurinhas na barriga e o culote. Este procedimento estético surgiu há 20 anos e hoje em dia é um dos mais realizados nas clínicas do país.
“Há evidências de que a carboxiterapia age sobre a síntese de colágeno, deixando a pele mais firme”, ressalta a dermatologista.
A carboxiterapia é um forte aliado ao combate da celulite, gordura localizada, flacidez da pele e estrias. O tratamento é feito por meio de uma injeção de gás carbônico através de uma agulha fina que aumenta a circulação e oxigenação tecidual, levando à produção de colágeno.
A aplicação consiste em aplicações bisemanais que dura cerca de 10 a 15 minutos. Normalmente, são realizados três pontos por perna e dois no abdômen. Enquanto aos resultados, eles podem ser obtidos a partir da quinta sessão.
Praticar exercícios físicos e a mudar os hábitos alimentares podem ajudar no combate da celulite, flacidez e gordura localizada. Antes de iniciar qualquer tratamento, consulte o seu dermatologista para verificar qual desses procedimentos ou aparelhos é o mais indicado para o seu caso.
Powershape Platform 6 em 1
O aparelho possui sistema 6x1 que associa as tecnologias de ultrassom cavitacional, quatro sistemas de pulso para o sistema de vácuo, radiofrequência Multipolar e Tripolar.

Com isso, garante a quebra da célula de gordura, além de estimular os fibroblastos a produzir mais colágeno e elastina. Por meio do ultrassom cavitacional, o processo cria micro cavidades (bolhas) no tecido adiposo que aumentam até a explosão da célula de gordura. A frequência de 30 a 40 KHz garante a eliminação segura da gordura localizada.
-- Sessões: cerca de dez (uma por semana)
-- Indicação: Gordura Localizada e celulite grau II.

NanoPeeling
Um tipo de tratamento realizado por meio de aplicações seriadas, com uso de poderosas substâncias lipolíticas sem o uso de agulhas, que possibilita ativação da quebra de gordura além de substâncias reorganizadoras da derme, que estimula à renovação do colágeno e dá firmeza à pele.

Em sua fórmula, encontramos ingredientes ativos que penetram profundamente. Na derme, seguindo diretamente para as células que necessitam de reabilitação. 

Postagens mais visitadas deste blog

Professora gostosa foi expulsa da escola por deixar alunos excitados.