A luta continua!


Greve dos professores estaduais é mantida por unanimidade

A proposta apresentada pelos professores na última assembleia não foi aceita pelo governo e uma contraproposta também não foi feita, diz Rui Oliveira, presidente da APLB Sindicato, durante seu discurso na assembleia desta terça-feira (19). “O governo não respondeu aos itens e confiscou o dinheiro da APLB”, afirmou.
O comando de greve propôs a continuidade da greve por conta da falta de diálogo e por não ter obtido resposta sobre a abertura das contas do Fundeb. Os professores presentes decidiram, por unanimidade, que a greve continua.
Ainda de acordo com Rui Oliveira, caso o governo faça uma contraproposta uma assembleia será convocada em caráter extraordinário. Caso contrário, o próximo encontro fica agendado para terça-feira (26).
Cachoeira
Na próxima segunda-feira (25), a sede do governo do estado muda para Cachoeira (marco das lutas de Cachoeira no processo da independência da Bahia), e os professores organizam uma comitiva para realizar atividades na cidade.
Também no dia 25, só que aqui em Salvador, os professores vão organizar um enfrentamento, já que é o dia marcado para os alunos do terceiro ano iniciarem as aulas
Além disso, os docentes preparam um enfrentamento para o 2 de Julho. Porém, existe a possibilidade do governador estar viajando em plena data comemorativa da independência da Bahia.

*com redação de Aline Barnabé-Metro1

Postagens mais visitadas deste blog

Professora gostosa foi expulsa da escola por deixar alunos excitados.