Declaração de Bruno Reis sobre a paralisação dos professores

O deputado Bruno Reis (PRP) culpou o governador Jaques Wagner (PT) pela greve dos professores em seu discurso nesta terça-feira (17) na Assembleia Legislativa. O vice-líder da oposição comparou o reajuste concedido pela prefeitura e o oferecido pelo governo aos profissionais que, inclusive, estiveram nas dependências do Legislativo para cobrar o cumprimento do acordo firmado em 2011. “A prefeitura de Salvador, que está em situação financeira complicada, concedeu ao professor um aumento que variou de 22,22% a 54%. Tem profissional de ensino na capital que vai ganhar até R$ 9,5 mil. Por que o governo não pode fazer o mesmo? Por que o governo não cumpre o acordo assinado em novembro do ano passado com os docentes? A resposta é: por falta de vontade política. O governador Jaques Wagner está reprovado quando o assunto é educação”, afirmou. O pacto prevê reajuste de 22,22% o que equipara os vencimentos na Bahia ao piso nacional. O parlamentar ainda criticou a postura do governador ao comparar seu comportamento atual com o de quando ele era sindicalista. “Não há outro culpado pela greve senão o governador. Imagino que, nos tempos em que era sindicalista, Wagner tinha palavra e exigia que os acordos com os patrões fossem cumpridos. Agora que é patrão, que mora no palácio, não respeita nem decisões da Justiça e muito menos os acordos com os servidores”, reclamou.  

Postagens mais visitadas deste blog

Professora gostosa foi expulsa da escola por deixar alunos excitados.