Greve de PMs no Ceará faz comerciantes fecharem portas com medo de saques - Cidades - R7

Greve de PMs no Ceará faz comerciantes fecharem portas com medo de saques - Cidades - R7
Vocês se lembram de um certo governador que afirmou que quem quer ganhar bem, sai do serviço público e vai trabalhar para a iniciativa privada? Pois é... olha só o que ele deixou acontecer no seu Estado...
Eu sei que administrar não é algo fácil. É só observar que dificuldades temos para administrar nossas casas, por exemplo. Imagina administrar um Estado inteiro, um país...
Como disse Charles de Gaule "Como administrar um país que fabrica 475 tipos de queijos?". Pra quem não entendeu, se existem tantos tipos diferentes de queixo, certamente há gostos diferentes que os apreciam..., e sabores que não são apreciados... e sabores alternados...
Como fazer determinações que contemplem as necessidades de todos?
Muitas vezes me vejo nessa situação em sala de aula. Particularmente eu não consigo falar quando há outro som alto próximo de mim. Simplesmente me calo. E como dizem os especialistas no assunto, a incapacidade de se comunicar, é uma das maiores causas de stress.
Com isso, vc consegue imaginar minhas aulas como correm...
Agora iamgina adminstrar um EStado. Na Bahia, temos na verdade, ao menos 5 estados distintos... a região próximo a Barreiras se identifica totalmente com Brasília, muito mais que com Salvador. Na região extremo-sul a identificação é com o Estado de Minas e do Espírito Santo. O sul da Bahia tem adoração por Rio de Janeiro e São Paulo, nessa ordem. Os soteropolitanos acham que o Estado inteiro é Salvador e RMS.
Mesmo com toda dificuldade, é inacreditável que o senhor governador cearence seja tão indelicado, e despreparado para administrar as necessidades de seu povo. Se bem que na Bahia, as coisas não fogem muito a essa regra.
Lembro-me dos bombeiros no Rio de Janeiro, ano passado. Eles ainda conseguiram algum capilé a mais. Os professores não!
Greve_Ceará_700_525

Postagens mais visitadas deste blog

Professora gostosa foi expulsa da escola por deixar alunos excitados.